Bem vindo ao blog eu e minhas receitas!

Antes de cada comida der gracias a Dios
y bendecian los presentes por ser una
familia maravillosa, para que nosotros
continuáramos siempre unidos y con
buena suerte.

Translate

terça-feira, 31 de julho de 2012

Alimentos Afrodisíacos - Apetite Sexual



FRUTAS

Amêndoa: Muito usada em cremes, sabonetes e loções para massagens.
Abacate: Uma das frutas mais ricas em vitaminas.
Banana: O seu poder afrodisíaco é mais associado à forma.
Côco: Bastante calórico. Na Índia acredita-se que aumenta a qualidade e a quantidade do sêmen e cura doenças das vias urinárias.
Tâmara: Rica em calorias e vitaminas, altamente energética.
Pêssego, damasco e ameixa: Devido à aparência, são feitas associações às partes íntimas femininas.
Morango e framboesa: Para acompanhar bebidas, principalmente o champanhe.
Romã: De origem árabe, são atribuídas a elas poderes afrodisíacos, normalmente associados a cerimónias de fertilidade.
Figo: Através da tradição ficou associado à fertilidade.
Manga: Rica em vitaminas e calorias.
Maçã: Associada ao pecado e à tentação. Os licores de maçã, como o calvados e a sidra, são estimulantes e acredita-se que rejuvenescem.
Marmelo: Tal como a maçã e a romã, é a fruta simbólica de Afrodite.
Pera: A sua forma também é associada ao corpo feminino.
Uva: Sempre associada ao prazer e à fertilidade.
Pistachio: Fruto muito popular em toda a Ásia.

VEGETAIS

Alho: Além de afrodisíaco, são atribuídas a ele muitas qualidades curativas.
Alcachofra: Para alguns, o prazer também está em comê-la com as mãos.
Aipo: Gregos e romanos o utilizavam como afrodisíaco.
Arroz: Simboliza fertilidade.
Agrião: Alguns acreditam ser um estimulante.
Cebola: É considerada afrodisíaca desde a antiguidade.
Cogumelos: Devido talvez à sua aparência lembrar a de um pénis.
Aspargos: Também lembra o pénis.
Espinafre: Rico em vitaminas e minerais.
Grão de bico: Muito consumido pelos árabes.
Milho: Simboliza fertilidade e abundância.
Nabo: Também considerado afrodisíaco.
Pepino: Considerado por alguns como estimulante, para outros, exatamente o contrário.
Pimentão doce / Pimentão picante: Considerado afrodisíaco e utilizado em comidas exóticas.
Alho-porro: Romanos e gregos atribuíam-lhe poderes afrodisíacos.
Tomate: Considerado exótico nos tempos antigos, quando a Europa o importava de países sul-americanos.
Trigo: Representa a fertilidade.
Trufa: A sua reputação como afrodisíaco foi confirmada.
Cenoura: Rica em vitamina A.

CONDIMENTOS

Açafrão: Especiaria vermelho-alaranjada, perfeita no uso com mariscos. Tradicionalmente utilizada em Espanha, em pratos com frutos do mar como a Paella, por exemplo. No Oriente é muito utilizado como estimulante.
Açafrão-da-Índia: Possui um gosto um pouco amargo. Deve ser usado moderadamente, porque pode encobrir os outros sabores.
Alcaparra: Frutos redondos e pequenos, de sabor muito forte, que acompanha o peixe.
Anis: É uma planta de flores brancas e sementes pequenas e aromáticas. Confeitos, xaropes, essências, temperos e licores podem ser feitos com esse ingrediente.
Baunilha: Tempero indispensável para doces, bolos, sorvetes, cremes, café, chocolate, etc. Vem em estojos (ou cápsulas), extracto ou essência. Se puder escolher, evite a baunilha sintética, de sabor grosseiro e às vezes tóxica.
Borragem: Usa-se para cozinhar carnes e peixes, assim como em saladas...
Canela: Extraída da casca da árvore da canela. É usada em lascas e em pó. Coloca-se em doces mas também em carnes e diferentes tipos de curry, na Ásia e no Oriente Médio.
Cardamomo: Pode ser vendido em sementes, que são moídas para cozinhar, ou em pó, que perde o aroma rapidamente. Nos países árabes é colocado no café para enriquecer o sabor e estimular a benevolência entre os amigos. As sementes são mastigadas para refrescar a boca.
Cominhos: Seu óleo é utilizado em loções balsâmicas e filtros de amor. Na culinária é empregado no tempero de lentilhas e feijões.
Cravo: Usado nas sobremesas, carnes e presunto, para dar um toque especial.
Curry: Não é uma especiaria mas uma mistura de várias especiarias: coentro, cardamomo, pimenta caiena, pimenta, gengibre, canela, sementes de mostarda, açafrão-da-india etc.
Endro: As folhas e sementes são usadas sobretudo no peixe. As sementes, colocadas numa garrafa de óleo ou vinagre , aromatizam delicadamente.
Erva-cidreira: Serve para maionese, receitas com queijo fresco e creme, molhos, saladas e algumas sobremesas de frutas. Usado também como chá para alivio de dores menstruais e indisposições de estomago.
Estragão: Utilizado em carnes. É melhor quando fresco.
Gengibre: Pode ser adquirido em pó, xarope e como raiz fresca. O seu sabor característico é um pouco picante. Muito utilizado na cozinha japonesa, mas também em comidas exóticas e no preparo de sobremesas.
Hortelã: O seu sabor fresco é bastante popular em doces e bebidas. Também é usado em muitos pratos de diferentes origens. Em Inglaterra acompanha o cordeiro, entre os árabes, as carnes variadas.
Lavanda: As sementes aromatizam perfumes e sabonetes. Realçam a sopa, que terá de ser coada antes de servida.
Louro: Na comida o louro é usado em pouca quantidade, só uma folha pequena ou média, porque tem um sabor muito forte, um pouco amargo.
Manjericão: Produz mais efeito quando fresco e é usado nos pratos mais variados.
Mostarda: Pode ser comprado em semente, em pó e preparada.
Noz-moscada: É uma noz dura usada para aromatizar doces e sobremesas, mas que também realça o sabor de alguns vegetais, como o espinafre e as carnes suaves.
Orégano: Típico da cozinha mediterrânica, possui aroma e sabor forte.
Pimenta: Picante e ardida, acentua o sabor dos alimentos.
Pimenta caiena: Feita a partir do pimentão vermelho, seco e moído, é a base da paprica, da pimenta em pó, do tabasco e da santaka no Japão. Usa-se em pouca quantidade, para dar cor, sabor e um toque picante.
Salsa: Existem mais de trinta variedades comestíveis. Usa-se em carnes, peixes, saladas, etc. A sua frescura alivia o hálito de cebola ou alho.
Sálvia: Tem aroma muito penetrante e deve ser usada com moderação.
A carne de porco e as aves de caça são bem acompanhadas com esse tempero, que aprimora o sabor.
Tomilho: Utilizado no preparo de vários molhos com vinho tinto. Acompanha as carnes vermelhas e é indispensável nos patês.

SUBSTÂNCIAS

- marapuana
- catuaba
- guaraná
- ginseng
- pfaffia paniculata
- gengibre
- alho
- cebola
- gergelim
- tahine



Nenhum comentário:

Postar um comentário